PALAVRA DE DEUS

POR: Manuel Venade Martins (Pastor Evangélico)

Eu sou o bom pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas. As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e Eu conheço-as, e elas me seguem. (João 10:14-15,27)

INTRODUÇÃO

Notemos a expressão do salmista, com as suas palavras assim: Tu conheces o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Sonda-me ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. (Salmo 139: 2, 23)

Na verdade que o Senhor conhece todo o nosso ser e, além do mais, tudo que possamos praticar no oculto, a quem prestamos serviços na nossa vida laboral, nos deveres para com o governo, ou mesmo nossa relação conjugal. O Senhor conhece o íntimo do nosso coração, como de igual modo os nossos atos procedentes. Por todas estas coisas e ainda outras que aqui não vão ser faladas, seria excelente, e para nosso benefício, nos voltarmos para Deus, confessando-lhe o nosso falhanço e nossa vida pecaminosa. Se de facto nos decidirmos e o fizermos, bem irá a nossa vida, juntamente com nossa família, que possuímos e habitamos com eles.

Quanto à Palavra de Deus que lemos, e nos alimentamos espiritualmente dela, as coisas começam a modificar, mas o Senhor Deus Altíssimo, que tem vindo a nós, e nos tem arrancado do lamaçal do pecado, nos dá forças e poder, para tornarmos a viver com dignidade. Que assim seja.

COMENTÁRIO
VOCÊ CONHECE JESUS?

Já me tem perguntado como se conhece ou o que significa conhecer Jesus. Realmente, para conhecermos alguém é preciso privar com essa pessoa. Julgo que a grande maioria dos indivíduos pensam como eu, no entanto quando lhes apresentamos Jesus e a Sua Divindade, lutam contra aquilo que sabem ser a verdade, e a verdade é Jesus, mas por uma questão de comodidade, de complexos ou de incredulidade aparente, negam-no, simplesmente. Gostaria que o leitor conhecesse Jesus a fim de derrubar esse muro à sua volta, e que fizesse uma entrega total da sua vida e maneira de ser, criando amor e fazendo tudo através desse princípio referido pela Palavra de Deus, que diz: Ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará. (1ª Coríntios 13:3)

Entretanto, ao conhecer Jesus, Ele ensina-nos como pedir ao Pai a ajuda que tanto necessitamos, e a acreditar que a receberemos, essa ajuda que muitas vezes temos a capacidade de compreender o que é dar a outra face, perdoar aos nossos inimigos e deixar também que o Senhor tome conta das nossas preocupações. Conhecer Jesus significa tudo isso. Hoje as pessoas andam muito atarefadas à procura de dar cabo dos outros antes que os outros deem cabo deles.

Esta forma de viver não é de modo algum de quem conhece Jesus, porque Ele nunca sugeriria tal coisa. A depressão sentida por esta geração deve-se ao facto de nunca ela ter desejado fazer um esforço de conhecer o Senhor Jesus. O mundo está cada vez mais corrompido pelo pecado. A pressão exercida na família deixa pouco tempo para que esta tome conhecimento e aceite as coisas divinas, como por exemplo ler a Bíblia Sagrada.

Apesar de alguns terem um grande sucesso, nem por isso são totalmente e verdadeiramente felizes. No mundo envolvem-se de tal modo com tudo o que é mau, que até as crianças começaram a praticar atos criminosos, vandalismo, etc. Os adolescentes, por sua vez, vão sucumbindo através da droga, e depois recorrem ao suicídio; tudo isto por se sentirem vazios de fé e de amor. Esta geração anda cheia de medo e ansiedade.

São as crianças e os adolescentes a quem se exige que estudem com afinco para poderem ingressar numa universidade; os jovens procuram um emprego sem êxito, os adultos apreensivos com a economia das empresas e com receio do despedimento, os idosos com medo da velhice e do porvir. O medo está a tornar-se numa verdadeira tragédia epidémica que atinge todo o Universo.

Este medo, penso tratar-se da doença mais destruidora de todas. Que fazer, então, para que esse estado de coisas não me atinja? Tenha fé, só pode destruir esse medo através da fé em Jesus Cristo.

Por favor, entregue-se totalmente nas mãos do Senhor Jesus, entregar-se a Jesus não significa que nesse momento aconteçam grandes manifestações. O que se vai passar é que a sua vida se transformará e que no fim teremos uma nova criatura. A isto chama-se nascer de novo, quando a vida passa a ter aquela sensação de verdadeira paz e alegria. Conhecer Jesus é adquirir também uma vida abundante, Ele afirmou: Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. (João 10:10) Isto significa que ao conhecermos Jesus, todos os cantinhos da nossa vida, aqueles que se encontram vazios, encher-se-ão. E passaremos a viver em toda a plenitude de uma vida cheia e abençoada.

Tenha fé em Cristo, e destrua esse medo e diga como o salmista em oração: Busquei o Senhor e Ele me acolheu: livrou-me de todos os meus temores. (Salvo 34:4) Esta é a mais profunda verdade do mundo. Jesus promete-nos essa vida de liberdade abundante. Prometeu-nos também a imortalidade. Desafio o amado leitor, a conhecer Jesus e a mudar a sua vida, agora.


< Voltar