PALAVRA DE DEUS

POR: Manuel Venade Martins (Pastor Evangélico)

E disse-lhes, ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda a criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem. Em meu nome expulsarão os demónios; falarão novas línguas. Pegarão nas serpentes; e se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão (Marcos 16:15-18).

INTRODUÇÃO

David nos dá notícias da Salvação na Palavra de Deus, conforme se lê. A salvação vem do Senhor; sobre o seu povo, seja a tua bênção (Salmo 3:8).

Com estas palavras, que as escrituras nos falam, queremos informar que elas são de ordem espiritual. Não está aqui alguma ocorrência que tenha acontecido naturalmente, como por exemplo:

Num acidente de carro, foi salvo da morte, numa viagem marítima, o navio naufragou, mas foi salvo de se ter afogado; numa disputa onde ocorreram cruzamentos de tiros, alguém ficou ferido, mas eu mais uma vez, não fui atingido, Deus salvou-me desse perigo e de muitos outros. Precisamente o que aconteceu contigo, é o que o salmista, no Salmo 3, fala que o Senhor Deus não só te protegeu, como te guardou da morte, e te enviou seu anjo para te conservar com vida, da má hora, que surgiu ou possa surgir em tua vida.

COMENTÁRIO
PODES ALCANÇAR A SALVAÇÃO

A salvação não tem nada a ver com religião, seja ela qual for. Ela vem através do Evangelho eterno. A salvação vem por disposição divina e por Sua graça. E não podemos negociar esse Evangelho nem com Deus nem com quem quer que seja. O Pai enviou seu Filho como Salvador do mundo (1ª João 4.14). A Salvação é obra de Deus e de Seu Filho, ou nós cremos nela ou a rejeitamos.

Ele é o Salvador e a salvação é Sua obra e não nossa, como os anjos declararam, conforme se lê. Pois, na cidade de David, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor (S. Lucas 2:11). Paulo esclarece que o Evangelho salva: Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e ressuscitou ao terceiro dia segundo as Escrituras (1ª Cor.15:3-4).

O Senhor Jesus, Ele próprio afirmou: Eu sou a porta, se alguém entrar por mim, será salvo (João 10:9). O Evangelho não contém nada acerca de rituais, sacramentos e penitencias.

A salvação é pela Fé.

O Evangelho diz totalmente respeito ao que Cristo já fez, Ele não refere nada acerca do que Cristo ainda precisa fazer, porque a obra de nossa redenção está acabada e consumada; Cristo morreu pelos nossos pecados, Jesus o declarou triunfantemente.

E o Evangelho também não diz nada sobre o que nós devamos fazer, porque nós não podemos fazer nada. Porque pela graça sois salvos, mediante a fé é dom de Deus, não vem das obras, para que ninguém se glorie (Efésios, 2:8-9). Em lugar de obras, o Evangelho requer fé, porque é o poder de Deus para a salvação daqueles que creem.

Ter a certeza da salvação

Cristo afirma: Eu lhes dou (ás minhas ovelhas] a vida eterna, e jamais perecerão. A religião tradicional rejeita essa oferta, e em lugar dela oferece, através do sacerdócio e dos sacramentos da religião, e uso de escapulários, da obtenção através de rezas a Maria e aos santos, mas sem resultados palpáveis, porque não tem assento na lei do Evangelho.

O Evangelho é como uma espada de dois gumes, que corta para ambos os lados. Ele declara: Quem crê no Filho tem a vida eterna, mas aquele que não crê no Filho não verá a vida; mas a ira de Deus sobre ele (João 3:36). Chegamos à conclusão final sobre o Evangelho que é mais difícil de ser aceite, todavia aqueles que não veem a necessidade de alcançar o maior milagre dos milagres a salvação eterna para sempre com Jesus no Céu.

Caro amigo leitor a salvação é um ato de fé e de decisão. Estás pronto a aceitar o Senhor Jesus como teu único e suficiente Salvador?



< Voltar