PALAVRA DE DEUS

POR: Manuel Venade Martins (Pastor Evangélico)

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve (Mateus 11: 28-30).

INTRODUÇÃO

Se o amado leitor tem lido, com persistência e com certo cuidado esta mensagem que o Senhor Jesus nos deixou, e depois de a observar e assimilar em teu coração, com certeza que o devem ao Espírito Santo, que já está ministrando a tua vida, para te preparar, ou melhor dito, te convencer do pecado da justiça e do juízo. Para, outrossim, te voltares para Deus de todo o teu coração, alma e espírito. Porque o Senhor Jesus disse assim: Nem só do pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus (Mateus 4:4). Por outras palavras, o ouvinte necessita também de se alimentar da Palavra do Senhor a cada dia, em sua vida. Ámen

COMENTÁRIO

JESUS MORREU POR TI

Jesus é aquele que te dá segurança mesmo na maior das preocupações; Jesus é aquele que quebra barreiras e nos ensina a amar os que nos fazem mal, a não retribuir com raiva, mas com amor. Jesus é aquele que nos de­safia a ir mais longe do que por vezes imaginamos que conseguimos, mas quando chegamos lá entendemos que Jesus nos capacitou e nos ajudou a caminhar.

Às vezes temos a ideia de um Jesus longe de nós, um Jesus que não merecemos e que por isso precisa­mos de sacrificar a nossa vida e lutar para conseguir ter um pouco da Sua presença em nós. O Jesus que estou a apresentar-te não é assim; este Je­sus é aquele que quer cuidar de ti, que quer ajudar-te, que quer estar pre­sente na tua vida. Jesus é aquele que nos ajuda a lidar com as piores situações que surgem na nos­sa vida. Jesus é aquele que te ama e que, por isso, fez o maior ato de amor que existe, conforme se lê: E dou-lhes a vida eterna, e nunca onde perecer, e ninguém os arrebatará da minha mão (João 10:28).

Dar a vida por alguém parece bem estranho, não é verdade? Mas Jesus olhou para nós e entendeu que por causa do pecado nós não iríamos conseguir, se não dependêssemos d'Ele, não iríamos depender do amor humano, mas de Deus. Os humanos não são perfeitos e muitos são bastante instáveis. Depender do nosso bem-estar de algo tão inconstante pode ser bem desafiante e igualmente instável. Esta não é a felicidade e o amor ideal, pode ser temporariamente bom e satisfatório, Jesus sabia disso, mas Jesus sabia algo mais importante. Parece uma história muito complicada, mas o homem escolheu ficar longe de Deus. Essa escolha trouxe consequências, porque não havia possibilidade do Homem pelos seus próprios meios alcançar Deus. Desde a eternidade Deus já tinha decidido enviar a Jesus para que, por meio d'Ele, pudéssemos voltar a um relacionamento pessoal com Deus, com o nosso Pai, e desfrutar de uma vida completa, plena e eterna, voltando ao plano divino original. No entanto, Deus nunca nos obriga a nada, mas a verdade é que se preocupa com a nossa vida e quer ajudar-nos a cada momento, quer transformar a nossa vida e dar-lhe o verdadeiro sentido. Deus tem um plano para nós, um plano de relacionamento com Ele e propósito eterno para cada um de nós, mas nada acontecerá se não dermos o primeiro passo de confiança. Se o fizeres, podes ter a certeza de uma coisa, se tomares a decisão de aceitar Jesus na tua vida, como teu Salvador pessoal, então terás acesso a Deus Pai. Ao fazeres isto, Deus estará sempre contigo se viveres com Ele e para Ele, vão ao encontro de Deus e ele virá ao teu encontro, conforme se lê: Chegai-vos a Deus, e Ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores, e vós de duplo ânimo purificai os corações (Tiago 4:8). Estás pronto para entregares teu coração a Jesus?



< Voltar