PALAVRA DE DEUS

POR: Manuel Venade Martins (Pastor Evangélico)

E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e amor que há em Jesus Cristo. Esta é uma palavra fiel e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal (1ª Timóteo, 1:14-15).

INTRODUÇÃO

A Palavra de Deus (a Bíblia) é repleta de palavras figurativas na qual o ser humano poderá entender princípios divinos que Deus nos quer fazer saber, compreender e, por final, aceitá-los.

É sem dúvida alguma uma maneira clara de nos fazer compreender os atos do Altíssimo, para o homem natural, que ainda não recebeu o Espírito Santo, começar a dar os primeiros passos e poder passar na porta da salvação que é estreita e apertado o caminho (verso-13), bastante difícil em passar por ela e para seguir as pisadas do Mestre necessita estar convicto dessa nova caminhada  que tem de empreender com boa vontade.

 O homem natural, sozinho, não pode executar esse plano, necessita de ajuda, necessita do Salvador, e esse Salvador é o Senhor Jesus Cristo. Pede-lhe que te aceite pela fé como filho arrependido.

COMENTÁRIO
SALVAÇÃO PELA GRAÇA

O apóstolo testificou da fé no Senhor Jesus. E por quê n'Ele? Porque Jesus, em virtude do pecado cometido por cada um de nós, consumou um ato sem par na cruz do Calvário. Jesus expiou a nossa culpa. Portanto, o leitor não necessita de fazer expiação e sofrer qualquer castigo, uma vez que Jesus já o fez por si na cruz. Terá de aceitar isto e crer de todo o coração. Por isso a Bíblia afirma: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigénito, para que todo aquele que n'Ele crê não pereça mas tenha a vida eterna (João, 3:16).

Quem, pois, crê em Jesus, será salvo. Perguntam-me com frequência: Por que motivo teremos de crer precisamente em Jesus? Não podemos também crer noutros homens ou em outras imagens? Não bastará crer em Deus? Por quê necessariamente em Jesus? Esta é, de facto, a questão ­chave. Só mediante a fé em Jesus Cristo podemos ser salvos. Na Bíblia está escrito: E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens pelo qual devemos ser salvos (Atos 4:12).

Também ninguém mais poderia morrer pelos nossos pecados, além de Jesus. Apenas Ele é o filho de Deus que encarnou, isto é, tomou a forma humana, só Ele estava livre de pecado e culpa. Assim o nosso pecado só pode ser tomado por alguém que não possua nenhum pecado. Um pecador não pode morrer por outro pecador; apenas um justo pode morrer pelo pecador. E só existiu um, o filho de Deus que se tornou homem. Apenas Jesus surgiu, no fundo, sem pecado, tomando sobre si, como substituto do homem o nosso pecado e castigo. Como se lê na Bíblia: Castigo que nos traz a paz estava sobre Ele e pelas suas pisaduras fomos sarados (Isaías 53:54).

O castigo encontra-se agora sobre Jesus, e não mais sobre nós. Ele expiou, no Gólgota, as nossas culpas. Necessitamos apenas de abandonar os nossos pecados e crer em Jesus Cristo, que derramou o seu sangue na cruz do Calvário. Portanto, já não seremos responsáveis pelo nosso pecado. Isto significa que Deus encontrou o nosso substituto perfeito. Se a culpa do leitor foi colocada sobre Jesus, resta-lhe apenas converter-se a Cristo, por outras palavras, o amado leitor necessita crer em Jesus e recebê-lo, pela fé, como seu Salvador pessoal. Se fizer assim, então será salvo, receberá a certeza da vida eterna. É possível que pergunte: Então eu nunca serei punido pelo meu pecado? Jamais serei julgado por Deus? Não, o leitor já foi julgado quando Deus julgou o seu filho Unigénito, Jesus Cristo, por si.

Ao aceitar o sacrifício, substituído pelo sangue de Jesus Cristo, ser-lhe-ão perdoadas todas as transgressões e você adquire a vida eterna. Ficará totalmente livre de qualquer acusação, tornando-se um filho de Deus. Porém, quem não crer, isto é, quem não aceitar este substituto, crendo n'Ele, deverá suportar o castigo e ser julgado. Por esse facto a Bíblia acrescenta: mas quem não crê já está condenado; porquanto não crê no nome do Unigénito Filho de Deus (João 8:18).

Tudo depende da sua fé. Se você crê ser Jesus o seu substituto, então tudo está claro; Ele toma as suas transgressões. Se não crê n'Ele terá de suportar sozinho a sua culpa, não tendo qualquer esperança ou promessa, quer para esta vida, quer para a vida eterna.

Não importa quão grande possa ser o pecado do leitor. Você pergunta: Será que Jesus também me perdoará? Sim, Jesus pode perdoar-lhe. A única coisa que precisa fazer é crer em Jesus e entregar a Ele a sua vida. O Senhor Jesus convida: Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mateus 11:28).

O leitor pode ir ao Senhor Jesus Cristo como é, como está, isto, claro, no sentido moral e espiritual. Pode manifestar a Cristo toda a sua aflição, confessar-lhe os seus pecados, confiar n'Ele de todo o coração, e passará a desfrutar da certeza da vida eterna.



< Voltar